Igreja Batista da Glória

Um igreja da Convenção Batista Brasileira que deseja levar cada membro a viver como servo de Cristo.

ORANDO PARA QUE ELES CRESÇAM.

TEXTO: COLOSSENSES 1.1-12

TEMA: ORAÇÃO E GRATIDÃO PELO CRESCIMENTO E FIRMEZA ESPIRITUAL DOS COLOSSOS.

INTRODUÇÃO.

Questionamentos:

  • O que motiva você fazer uma oração?
  • O que impulsiona você a fechar os seus olhos e abrir a sua boca, elevando seus pensamentos a Deus?
  • Você já passou pela experiencia de ouvir o testemunho de uma pessoa que foi alcançada e salva pela graça de Deus e ao ouvir este testemunho seu coração foi tomado de compaixão a tal ponto de orar pela vida espiritual desta pessoa para que ela cresça e continue a produzir frutos de vida espiritual?
  • Ou ainda, ao ouvir um testemunho de um irmão que foi alcançada pela graça há apenas alguns meses, você toma conhecimento que ele está sendo visitado por membros de uma seita, que estão tentando perverter a fé dele e imediatamente você, não apenas visita ele, mas ora para que este irmão continue firme na fé que abraçou e que não ceda aos erros dos falsos líderes?

Pois é, estes últimos dois questionamentos refletem exatamente a situação da Igreja de Colossos. Ela era uma igreja jovem implantada a poucos meses. Ela estava situada às margens do rio Lico e tinha como cidades vizinhas, Hierápolis, Laodiceia e Éfeso.

Esta igreja foi fundada por Epafras, que ouviu o evangelho através do apostolo Paulo, evangelho este que ele começou a pregar e que viu em questão de pouco tempo a graça de Deus se manifestou de tal modo naquele lugar, que muitas pessoas foram convertidas pelo Senhor Jesus, formando assim a pequena comunidade de Colossos.

Epafras, depois de se maravilhar com uma manifestação plena da graça de Deus naquele lugar, agora se preocupa com os problemas que estavam ameaçando aquela jovem igreja. Ele procurou Paulo para ajudá-lo na defesa, confirmação e consolidação do evangelho naquela pequena comunidade, que estava sendo atacada por quatro tipos de heresias, que eram:

PRINCIPAIS HERESIAS EM COLOSSOS

  1. Gnosticismo: Esta heresia defendia que a salvação era derivada de um conhecimento profundo, que não foi dado aos apóstolos, mas que tinha sido dado a uns poucos privilegiados, a uma elite espiritual.
  2. Legalismo Judeu: também o legalismo Judeu, que era a ideia que você pode acrescentar méritos diante de Deus pelo comprimento da Lei de Moises, creio que por isso que Paulo diz em Efésios 2.8-9, que a salvação é pela graça e não de obras para que ninguém se glorie.
  3. Misticismo: Uma forma distorcida de espiritualidade, onde a pessoa tentava se elevar até a presença de Deus por meio de práticas devocionais (mantras).
  4. Ascetismo: Traz a ideia de submeter o corpo abstinência de coisas, o asceta é quem se priva de coisas, tais como sono, comida, casamento, pessoas, com o fim de aumentar a sua espiritualidade.

 

O QUE DEVE MOTIVAR NOSSAS ORAÇÕES?

  1. VER A MANIFESTAÇÃO DA GRAÇA DEVE ME MOTIVAR A ORAR PELO CRESCIMENTO DOS MEUS IRMÃOS (9A).

O que motivou Paulo a orar pelos Colossenses? No início da carta, ao se apresentar, o apostolo passa a agradecer a Deus pelo que ele ouviu da boca de Epafras. Ao contemplar aquela pequena comunidade ele percebe uma clara manifestação da graça de Deus alcançando os colossos, então, como que numa oração de gratidão, ele passa a louvar a Deus.

a) FÉ. Esta fé é a fé da salvação, dada por Deus aos homens e não uma fé mística ou sentimental como a que é difundida hoje no meio evangélico.

b) ESPERANÇA. A esperança aqui é a promovida pelo evangelho que foi ouvida e entendida pelos colossos quando Epafras pregou.

Lc. 24.32-34. A esperança dos discípulos no caminho de Emaus estava no Evangelho pregado por Jesus. Este é um aspecto da graça que identifica o salvo por Jesus. A sua esperança é renova pelo evangelho

c) AMOR. Este amor aqui é o amor que materializa a fé que você abraçou e a torna visível, que te capacita a amar o seus irmãos e inimigos (Rm. 12. 9, 20) a orar por aqueles te perseguem (Mt.5.44); O amor fruto do Espirito Santo (Gl.5.22).

O QUE DEVE MOTIVAR AS NOSSAS ORAÇÕES?

  1. VER A CONSOLIDAÇÃO DA FÉ DOS MEUS IRMÃOS DEVE ME MOTIVAR A ORAR POR ELES (9B-10).

Em sua oração Paulo expressa o desejo pelo crescimento, firmeza e consolidação da fé deles. Isto motivava o apostolo a orar por eles. Qual era o conteúdo da oração de Paulo para que estes irmãos fossem consolidados na fé?

  1. PEDIR QUE TRANSBORDEIS DE PLENO CONHECIMENTO DE SUA VONTADE.

Este conhecimento não é uma forte impressão interior/emocional ou mero conhecimento intelectual da vontade de Deus, mas sim o conhecimento gerado pela palavra de Deus, como nos mostra Efésios 5.17 Por isso, não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor. Ou seja, transbordar de pleno conhecimento é a ideia de crescer biblicamente, como está em Col.3.16. “habite ricamente em vós a Palavra de Deus…”.

2) VIVESSEM DE MODO DIGNO DO SENHOR, PARA O SEU INTEIRO AGRADO.

  • Paulo convoca estes irmãos a viverem de modo digno do Senhor, ou seja, que eles vivam de modo coerente com a fé que abraçaram (Ef.4.1).
  • 2 Co.5.9. O alvo da vida cristã é agradar a Deus.

 3) FRUTIFICANDO EM TODA BOA OBRA .

O fruto espiritual aqui é resultado de uma vida convertida, justificada por Jesus. Exemplo de frutificação espiritual:

  • Permanecer na fé (Jo. 15)
  • Pregar o evangelho (Mc.16.15).
  • Levar pessoas a Cristo (1Co.16.15).
  • Louvar a Deus (Hb.13.15).
  • Coração liberal, em ofertar (Rm. 15.26,28).
  • Cresce na disciplina e se torna mais piedosa (Hb.12.11).
  • Manifestar os frutos do Espirito em uma vida diária (Gl.5.22-23).

 

4) CRESCER NO PLENO CONHECIMENTO DE DEUS.

Isso é um chamado à maturidade espiritual. Vejamos algumas evidencias do crescimento espiritual:

  • Amor pela Palavra de Deus (Sl.119.97).
  • Uma fé que está crescendo continuamente (2Ts.1.3; Fp.2.12).
  • Um grande amor pelos outros (Fp.1.19).

III. VER MEUS IRMÃOS DEPENDENDO DE DEUS DEVE SER MINHA MOTIVAÇÃO PARA ORAR POR ELES (11-12).

A realidade do que ele desejava para os colossos em sua oração.

Sendo fortalecidos com:

  1. TODO O PODER (11).
  2. TODA PERSEVERANÇA E LONGANIMIDADE (11).

 Perseverança é permanecer firme frente as tribulações diante de você.

  • Longanimidade, leva mais em consideração suportar pessoas difíceis.

Conclusão.

Quero concluir esta mensagem estimulando você a ter como motivação para orar pelos seus irmãos em Cristo os aspectos da graça como fé, esperança e amor; Tendo desejo pela consolidação da fé dele enquanto o seu discipulado acontece e velos tendo vidas cada vez mais dependente de Deus e do seu poder.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: