Igreja Batista da Glória

Um igreja da Convenção Batista Brasileira que deseja levar cada membro a viver como servo de Cristo.

O exemplo de Cristo na vitória sobre a tentação. 

 Texto:  Mateus 4.1-11
Baixar Texto Comentado – Link

Contexto:

  • Jesus havia acabado de se batizar;
  • Estava iniciando o seu ministério;
  • Foi levado ao deserto, pelo próprio Espírito Santo, para ser tentado (vs 1);
  • Foi tentado para, como um de nós, ser aperfeiçoado por meio do sofrimento, vencer a morte e nos socorrer quando formos tentados (Hebreus 2.10, 14 a 17)

ESTUDO DO TEXTO

Vamos fazer um paralelo entre Jesus Cristo x Israel no Deserto.

Cristo – (Mateus 4.1-2)

  • Tentado no deserto;
  • Estava fragilizado, com fome;
  • Não teve a sua necessidade física satisfeita;

Israel – (Deuteronômio 8.1-5)

  • Provado no Deserto
  • Sofreu, mas todas as necessidades físicas foram satisfeitas

O 1º Desafio (v.3)

“Assim, ele os humilhou e os deixou passar fome. Mas depois os sustentou com maná, que nem vocês nem os seus antepassados conheciam, para mostrar-lhe que nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca do senhor”.

A Resposta de Cristo

“Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus”. (v.4)

  • Cristo buscou satisfazer o desejo de Deus.

A Resposta de Israel

“Mas agora perdemos o apetite; nunca vemos nada, a não ser este maná!” (Números 11:6)

  • Israel preocupou-se em satisfazer apenas os seus próprios desejos enganosos.

Aplicação:

O que tenho feito em relação aos meus desejos?

O 2º Desafio (Mt. 4.6)

“… jogue-se daqui para baixo. Pois está escrito: ‘Ele dará ordens a seus anjos a seu respeito, e com as mãos eles o segurarão, para que você não tropece em alguma pedra”. (Mateus 4:6)

A origem do desafio (Salmo 91:11-12)

  • O Salmo 91 fala de uma proteção para quem vive dentro da vontade de Deus;
  • É contraponto ao 90, que retrata as consequências das decisões independentes de Israel quando da travessia do deserto.

A Resposta de Cristo

“Também está escrito: ‘Não ponha à prova o Senhor, o seu Deus”. (Mateus 4:7)

Cristo citou justamente a murmuração de Israel: “Não ponham à prova o Senhor, o seu Deus, como fizeram em Massá (tentação)”. (Deut. 6:16)

A Resposta de Israel

“Por essa razão queixaram-se a Moisés e exigiram: “Dê-nos água para beber”. Ele respondeu: “Por que se queixam a mim? Por que colocam o Senhor à prova? E chamou aquele lugar Massá…”   Êxodo 17.2 e 7

Aplicação:

  • Procuro tomar decisões considerando a vontade de Deus?
  • Como tenho recebido a disciplina de Deus decorrente dessas decisões (Salmo 90)?
  • O que preciso mudar em relação a maneira como tomo as minhas decisões (Salmo 91)?

A Proposta

“E disse-lhe: Tudo isto lhe darei, (porque me foram dados e posso dá-los a quem eu quiser. – Lucas 4:6) se você se prostrar e me adorar”. (Mateus 4:9)

  • Não à toa ele é o pai da mentira, porque não há verdade nele (João 8.44);
  • Quem é o dono de tudo (Salmo 24.1);
  • Mas Cristo não perde tempo em discutir, apenas responde com a verdade (João 17.17)

A Resposta de Cristo

“ Jesus lhe disse: “Retire-se, Satanás! Pois está escrito: ‘Adore o Senhor, o seu Deus e só a ele preste culto”. (Mateus 4:10)

A Resposta de Israel

Em Deuteronômio 6.10-16, Moisés alerta para o povo lembrar que:

  • Deus cumpriu a sua promessa;
  • Deus foi quem os libertou;
  • Não deve se envolver com os deuses do povo que viviam ao seu redor.
  • O povo não ouviu e sofreu

Aplicação:

  • Os meus desejos são fruto do querer glorificar a Deus?
  • Quanto ganho algo (emprego, dinheiro, promoção, namorado(a)), penso em como vou glorificar a Deus nessa nova situação? (Mateus 4.10 e Coríntios 10.31)

Conclusão:

  • Não devo tomar decisões baseado em emoções, preciso ter como base a Bíblia;
  • Preciso estudar a palavra, memorizar textos bíblicos, anotar e praticar o que tenho aprendido;
  • Preciso me auto confrontar com a Palavra, planejar como agir em momentos de pressão e quando os meus desejos estiverem “falando alto”.

Tarefa prática:

  • Memorize Deuteronômio 6.16;
  • Se você entendeu que deve mudar algo em sua vida trace um plano de mudança junto com o seu discipulador.
  • Se você tomou alguma decisão independente de Deus, “Lembre-se de onde caiu! Arrependa-se e pratique as obras que praticava no princípio”. (Apocalipse 2:5a)

Perguntas para o encontro de célula:

  • Que ensino/princípio você poderia tirar da mensagem?
  • Como você deverá agir quando estiver pressionado ou com muito desejo por algo?

Você tem sido grato a Deus pelo que Ele tem lhe dado?

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: