Igreja Batista da Glória

Um igreja da Convenção Batista Brasileira que deseja levar cada membro a viver como servo de Cristo.

Confiança e Dependência: uma oração eficaz.

II Reis 5.1-16
Baixar Texto comentado – Link

  • Uma exposição das razões da divisão, declínio e queda dos reinos de Israel
  • Sincroniza a história das monarquias de Israel e Judá
  • Avalia os reinados de cada rei à luz do padrão de Jeroboão (mal) e Davi (bom).
  • Descreve os ministérios dos profetas
  • Os livros podem ser divididos:

a) O Reino unido (1 Reis 1-11)

b) O Reino dividido (1 Reis 122 Reis 17)

c) O Reino “sobrevivente” (2 Reis 18-25)

Contexto mais imediato

II Reis 2.19 – 8.6 foca no ministério de Eliseu durante o Reino Dividido em especial no Reino do Norte (Israel). Embora tivesse influência em fatos isolados sobre o Rei Josafá (Reino do Sul, Judá) e sobre o Rei da Síria, Ben-Hadade.

O tratamento de Naamã

Naamã era um homem reconhecido por suas realizações, especialmente pelo rei, que lhe davam motivos para orgulhar-se. Mas, atingido pela lepra, tinha motivo suficiente para uma humilhação no seu íntimo maior que sua glória.

Era um homem rico e por isso independente. Normal para um homem de sua posição e visível no fato de ter serva especial para sua esposa.

“… e ele saberá que há profeta em Israel”. (v.8). As impressões geradas pelas vitórias da Síria indicavam a Naamã de que o poderoso exército era o responsável pelas vitórias.

Naamã fica indignado porque:

  1. O profeta não veio recebê-lo
  2. Submeteu-o a um método “indigno”

Naamã transformado

  1. Reconhece que não há outra Deus (v.15)
  2. Apresenta-se humildemente diante do profeta (“teu servo”) v.18

1) A autoconfiança e independência de Deus chegarão a seus limites.

A preocupação com o que você pode fazer para conseguir um conjugue, a aprovação em algum teste, prover seu sustento, etc., não pode ser independente do plano de Deus nestas coisas.

2) Incredulidade e idolatria geram ansiedade. Confiança e adoração a Deus trazem paz (vs. 6-8)

Prender seu coração a satisfação em coisas como trabalho, estudos, diversão, como se não pudessem ser felizes sem eles, gera ansiedade quando eles faltam ou estão prestes a faltar. Mas, um coração que confia e adora ao Senhor está satisfeito em qualquer situação e está tem a paz que Deus suprirá tudo o que ele precisa.

3) O orgulho e preocupação com a imagem distancia sua vida de Deus. (vs. 11-12)

A preocupação em manter uma boa imagem diante dos homens e a fantasia de alimentar seu ego certamente afastam você de Deus. Por isso alguns não se entregam a Cristo. Por isso outros não defendem sua fé diante dos homens. Por isso todos deixam de ter Deus cuidando de sua vida.

4) Reconheça sua carência de Deus, submeta-se a Ele e você experimentará a sua graça. (vs. 13-14)

Nossas orações precisam partir de um coração que percebe que carece de Deus. Deus pode derramar sua graça além do limites de sua capacidade. Mas, para isso, é necessário se submeter às suas ordens (mandamentos). Então, ele concederá sua graça a você (Tiago 4.6).

5) Pela graça de Deus enxergamos que há um Deus e pela graça nos tornamos humildes e dependentes dele (vs. 15-17).

O propósito de Deus para o homem é que este se torne adorador dele. Para isso ele vai agir no sentido de leva-lo ao seu limite até que este desenvolva um espírito de humildade diante deste Deus verdadeiro.

Conclusão:

  • Fuja do orgulho, da independência e da preocupação com a ostentação de sua imagem
  • Reconheça sua carência de Deus, submeta-se a Ele e seja humilde
  • Deus conduzirá você além dos seus limites, para tornar seu coração segundo o coração dEle.
  • A esperança pode partir de uma criança

Ouça, ore e viva

  • Em quem você tem confiado para ser feliz e satisfeito?
  • O que você tem buscado para ser feliz e satisfeito?
  • Sua vida de oração mostra seu orgulho e independência de Deus?
  • Memorize Tiago 4.6

Encontro da Célula

  • Que atitudes de Naamã indicam que ele era orgulho e independente de Deus?
  • Que outros comportamentos e pensamentos podem indicar isso no homem?
  • O que mudou (ou mudará) em sua vida de oração por confiar e depender de Deus?

 

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: