Aprendendo o Segredo do Contentamento – Gildásio Barbosa

Filipenses 4.10-13 – Mateus 6.19-34

Mensagem em áudio

Introdução

Nas duas últimas semanas aprendemos ao menos dois princípios:

  • Tudo que existe pertence ao Senhor (1 Crônicas 29.11-12)
  • Somos apenas mordomos e precisamos ser fiéis (1 Crônicas 29.14 e 1 Coríntios 4.2)

Tivemos ainda algumas tarefas:

  • Tenha um caderno de finanças e anote: 1) As contas que você tem atrasado e some. Peça perdão ao Senhor e siga a orientação dele para liquidá-la; 2) As dívidas que ainda estão pendentes porque não venceram e some. Deus lhe autorizou fazê-las? Senão, peça perdão ao Senhor e empenhe-se por liquidá-las; 3) A média do que ganhou nos últimos 12 meses (se não puder calcular, estime.); 4) Todas as contas que você precisa pagar mensalmente;
  • Deixa Deus mostrar o que você precisa retirar do seu orçamento, porque Ele não autorizou você colocar.
  • Compartilhe isso com seu discipulador ou companheiro de fé.

Hoje iremos complementar com mais 1 princípio que lhe ajudará no seu orçamento:

“Sei o que é passar necessidade e sei o que é ter fartura. Aprendi o segredo de viver contente em toda e qualquer situação”…

– Paulo afirma que aprendeu, logo ele não nasceu pensando dessa forma…

Agora vamos ver como caminharmos em direção ao contentamento em todas as situações que vivamos na administração das nossas finanças:

Passos em direção ao contentamento

1) Porque é tão importante juntar ou possuir bens?

a) Se você aprendeu que nada lhe pertence, apenas é um mordomo (1 Crônicas 29.14)

b) Se não levaremos nada do que juntamos:

Mas é claro que para isso precisamos crê na ressurreição, pois se não cremos somos os mais infelizes dos homens: 1 Coríntios 15.19 e Mateus 6:19-21

2) Tome cuidado com os seus desejos

No mundo de hoje somos bombardeados por propagandas e outros meios que nos motivam a entrarmos em corrida incessante numa busca insaciável de satisfação dos nossos desejos. O grande perigo é que o desejo tem como base o nosso coração e o nosso coração não é confiável (Jeremias 17.9).

Mateus 6.23-24 e 1 João 2.15-17

  • Mas Deus não condena a riqueza, apenas o amor a ela: 1 Samuel 2.7 e 1 Timóteo 6.7-11
  • E a palavra de Deus ensina a a planejar, a poupar e se prevenir: Provérbios 6.6-11
  • Orienta ainda a não ser fiador e a fugir das dívidas: Provérbios 22.7 e 17.18
  • Assim, só empreste e seja fiador do que você puder dar: Provérbios 22.26-27 e Lucas 6.34

3) Confie em Deus, pois além de nosso provedor é nosso Pai amoroso (Mateus 7.9-11)

a) Por isso não andeis ansioso, pois Deus lhe promete atender a sua necessidade: Mateus 6.25-34

* Lembre-se Ansiedade é pecado e não acrescenta nada… Viva um dia de cada vez e entregue o teu amanhã ao Senhor

Conclusão:

  • Deus me ama e sempre cuidará de mim – Mateus 6.19-34
  • Preciso aprender a lidar com os bens que Deus me concedeu para administrar, preciso meditar na palavra sobre isso;
  • Preciso me contentar com o que Deus tem me dado, pois posso suportar tudo Naquele que me fortalece – Filipenses 4: 10-13.

Tarefas

  • Medite na mensagem e responda: O que preciso mudar na administração de minhas finanças?
  • Veja no orçamento, que eu espero você já tenha feito, e veja o que precisa mudar? Compartilhe com o seu discipulador ou companheiro de fé.
  • Memorize e medite em Filipenses 4:12 e planeje o que precisa mudar em sua vida.

Perguntas

  1. O que Deus falou a você nessa semana?
  2. O que você aprendeu de novo na mensagem?
  3. O que você aprendeu mudará alguma coisa na forma de você administrar as suas finanças? Como?

Deixe seu comentário ou dúvida

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s