Como agir durante a Disciplina de Deus.

Texto: Hebreus 12.01-17

Material extra(Áudio)

Contexto da Carta aos Hebreus:

No século I quando um judeu se tornava cristão passava por muitas dificuldades. Ele era expulso da sinagoga, sua esposa podia pedir o divórcio, perdia o emprego, os seus bens estavam sujeitos ao confisco, era assediado pela polícia local, podendo ser preso, torturado e até morto e isso tudo por influência dos seus próprios compatriotas.

Propósito da Carta aos Hebreus:

Encorajar os judeus a permanecerem firmes na fé em Jesus, apesar de todo o sofrimento e dificuldades;

Um dos argumentos usados:

– Demonstrar a Superioridade de Cristo como:

– Maior do que os Anjos, Moisés, Josué, Arão;

– O Seu sacrifício ser superior ao dos animais;

– Sendo o Sumo Sacerdote de uma ordem superior.

Lições a serem tirados do texto de Hebreus 12.01-17

  • Não desanime (Hebreus 12.1-4)

1.1 – Veja as testemunhas que nos rodeiam, então LIVRE-SE do PECADO e PERSEVERE (Hebreus 12.1);

“Portanto, também nós, uma vez que estamos rodeados por tão grande nuvem de testemunhas, livremo-nos de tudo o que nos atrapalha e do pecado que nos envolve, e corramos com perseverança a corrida que nos é proposta”…

1.2 – Olhe para Cristo, anime-se pelo Seu exemplo e pense que poderia ser PIOR (Hebreus 12.2-4):

“tendo os olhos fitos em Jesus… Ele, pela alegria que lhe fora proposta, suportou a cruz, desprezando a vergonha… Pensem bem naquele que suportou tal oposição dos pecadores contra si mesmo, para que vocês não se cansem nem se desanimem. Na luta contra o pecado, vocês ainda não resistiram até o ponto de derramar o próprio sangue”.

  • A Disciplina de Deus revela quem somos (Hebreus 12.5-8)

2.1 – A sua esperança é a certeza de ser Filho e amado, por isso não despreze a disciplina e não endureça o seu coração (Hebreus 12.5-6):

“Vocês se esqueceram da palavra de ânimo que ele lhes dirige como a filhos: “Meu filho, não despreze a disciplina do Senhor, nem se magoe com a sua repreensão, pois o Senhor disciplina a quem ama, e castiga todo aquele a quem aceita como filho”

2.2 – Não culpe os outros (Discipulador, Igreja, irmãos, família …), a Deus, anime-se, medite e receba a Disciplina como um ato de amor do Seu Pai amoroso (Hebreus 12.7-8):

“Suportem as dificuldades, recebendo-as como disciplina; Deus os trata como filhos. Pois, qual o filho que não é disciplinado por seu pai? Se vocês não são disciplinados, e a disciplina é para todos os filhos, então vocês não são filhos legítimos, mas sim ilegítimos”.

  • Alvo: Participar de Sua Santidade (Hebreus 12.9-11)

3.1 – Precisamos nos Submeter, respeitar e confiar na Sua correção (Hebreus 12.9):

“Além disso, tínhamos pais humanos que nos disciplinavam, e nós os respeitávamos. Quanto mais devemos submeter-nos ao Pai dos espíritos, para assim vivermos!”

3.2 – Quem crer na Bíblia sabe que nada acontece por acaso, Deus está no controle de Tudo e quer o nosso bem e Santificação (Hebreus 12.10-11):

“Nossos pais nos disciplinavam por curto período, segundo lhes parecia melhor; mas Deus nos disciplina para o nosso bem, para que participemos da sua santidade. Nenhuma disciplina parece ser motivo de alegria no momento, mas sim de tristeza. Mais tarde, porém, produz fruto de justiça e paz para aqueles que por ela foram exercitados.”.

  • Alvo: Participar de Sua Santidade (Hebreus 12.12-17)

4.1 – Por tudo isso não vacile, não se isole, peça Ajuda, levante-se e você, Igreja, ajude (Hebreus 12.12-13):

“Portanto, fortaleçam as mãos enfraquecidas e os joelhos vacilantes. “Façam caminhos retos para os seus pés”, para que o manco não se desvie, mas antes seja curado!”

4.2 – Não murmure, viva em comunhão e se abra com os irmãos, santifique-se (esse é o retrato do Céu), cuidado com a amargura (Hebreus 12.14-15):

“Esforcem-se para viver em paz com todos e para serem santos; sem santidade ninguém verá o Senhor. Cuidem que ninguém se exclua da graça de Deus. Que nenhuma raiz de amargura brote e cause perturbação, contaminando a muitos.”.

4.3 – Cuidado, não faça pouco caso do que é Sagrado, não troque o Reino de Deus por desejos (namorado, dinheiro, negócios….) (Hebreus 12.16-17):

“Não haja nenhum imoral ou profano, como Esaú, que por uma única refeição vendeu os seus direitos de herança como filho mais velho. Como vocês sabem, posteriormente, quando quis herdar a bênção, foi rejeitado; e não teve como alterar a sua decisão, embora buscasse a bênção com lágrimas.”.

Conclusão

  • A Disciplina de Deus é um ato de Amor para com Seus Filhos;
  • Deus quer corrigir, através da Disciplina, falhas no nosso pensamento, conduta e aperfeiçoar o nosso caráter (Santificação Progressiva);
  • Preciso buscar ao Senhor enquanto posso achá-lo, priorizar o meu MDD e o Seu Reino;
  • Devo buscar a comunhão com os irmãos, valorizar o meu discipulado e buscar cuidar de quem está ao meu lado (Discipular).

Tarefas Práticas

  • Memorize Provérbios 3.11-12;
  • Marque um horário para o seu MDD, compartilhe com a Célula e preste contas diariamente ou semanalmente;
  • Corra atrás do seu Discipulador, procure ajuda e esteja sempre disposto a compartilhar, a ouvir e a receber exortação;
  • Guarde no Coração: Deus está no controle de Tudo, Ele é Bom e a Sua Disciplina é sinal do Seu amor por você;

Perguntas

1- Como você tem aplicado a mensagem em sua vida?

2- Você está precisando de ajuda neste momento?

3- O que você tem feito para ajudar quem está sofrendo dentro da sua célula neste momento?

Anúncios

Deixe seu comentário ou dúvida

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s