A misericórdia de Deus nos faça responder com gratidão oferecendo nossos corpos para servir as pessoas.

Romanos 12.1-2

Material extra (Áudio)

Introdução

  • Os gentios são culpados, porque pecaram, apesar de como Deus se mostrou na criação (Cap. 1).
  • Os judeus são culpados, porque conhecendo a lei, pecaram mesma forma (Cap. 2).
  • Problema: Todos pecaram: judeus e gentios. Solução: A misericórdia de Deus permite que mesmo não cumprindo toda a lei, o homem seja considerado justo só pela fé (Cap. 3-5).
  • Mas, isso não pode estimular o pecado, pois fomos ressuscitados porque o pecado nos matou e fomos livres porque ele nos escravizou (Cap.6).
  • Isso não quer dizer que a lei é ruim. Ela apenas mostrou como temos um coração terrivelmente rebelde, morto e escravizado pelo pecado (Cap. 7).
  • Mas, pela a misericórdia de Deus, não há mais condenação nem domínio do pecado e somos vencedores, tendo o socorro do Espírito, a recompensa da glória e o amor incondicional de Deus (Cap. 7-8).
  • Os judeus poderiam ter sido usados para engrandecer a Deus, mas foram rejeitados porque quiseram ser engrandecidos por obedecerem a lei.
  • Por causa da misericórdia de Deus, os gentios agora têm a chance de mostrar a glória de Deus ao mundo, e Israel ainda terá nova oportunidade. (Cap. 9-11)

 

  • A comunhão vem de pessoas que entregam seus corpos em sacrifício por gratidão à sua misericórdia (v.1)
  1. Espera-se você seja movido ao sacrifício por causa da misericórdia de Deus
  2. Use seu corpo para engrandecer a Deus junto aos irmãos
  3. Seu alvo não é se sentir bem, mas ser coerente com a misericórdia de Deus

 

  • Seus pensamentos, valores e propósitos devem deixar de ser os do mundo para serem os de Deus.

O mundo possui seu padrão de valores diferente dos de Deus

“Faça o bem para ser melhor” “Todos os nossos atos de justiça são como trapo imundo.” (Is. 64.6a)
“Antes de amar os outros, ame a si mesmo” “negue-se a si mesmo” (Mc. 8.34)
“Aumente sua auto estima” “quem se faz humilde como esta criança, este é o maior no Reino dos céus” (Mt. 18.4).
“Você mesmo diz até onde você vai”. “Ao invés disso, deveriam dizer: “Se o Senhor quiser, viveremos e faremos isto ou aquilo”. (Tg. 4.15)
“Siga o seu coração” “O que confia no seu próprio coração é insensato, mas o que anda em sabedoria será salvo.” (Prov. 28.26 – RA)
“O importante é ter fé em alguma coisa” “Maldito é o homem que confia nos homens” “Mas bendito é o homem cuja confiança está no Senhor” (Jer. 17.5,7)
“A verdade é aquilo que é verdade para você”. “Respondeu Jesus: “Eu sou… a verdade” (João 14.6)

 

  1. Não traga do mundo o comportamento a ser usado na comunhão
  2. Deixe Deus tranformá-lo de dentro pra fora
  3. Então você poderá reconhecer e viver a vontade de Deus

 

Conclusão

  • A comunhão virá de sua gratidão a Deus pela misericórdia dEle.
  • A misericórdia dEle o moverá ao prazeroso sacrifício de dedicar-se ao outro
  • Você se dedicará à medida que Deus mudar sua forma de pensar
  • Esta mudança o fará confirmar que a vontade de Deus é boa, perfeita e agradável
Anúncios