A Ira na Bíblia – Parte I

Texto: Efésios 4.26-27 e 31-32

Áudio e Devocionais

Introdução

A palavra usada aqui (vs26) no grego para Ira é “orgizo” (estar zangado):

– A ideia aqui não é para nos irarmos, mas o que fazer quando estamos com Ira;

– Isso fica claro quando lemos o versículo 31;

– O que o texto reconhece é que vamos nos irar e orienta como devemos proceder;

– Mas será que todo tipo de ira é pecado?

Primeiro, como podemos definir a IRA: (Marcos 7.14-15)

– Ira não é uma emoção que você joga fora ou que depende das circunstâncias;

– As circunstâncias são o instrumento de Deus para demonstrar o conteúdo do nosso coração;

– A Ira é a resposta que damos aquilo que Julgamos ser injusto.

A Bíblia descreve dois tipos de Ira: A Justa e a pecaminosa.

“Amados, nunca procurem vingar-se, mas deixem COM DEUS A IRA, pois está escrito: “Minha é a vingança; eu retribuirei”, diz o Senhor” … (Romanos 12.19)

“Meus amados irmãos, tenham isto em mente: Sejam todos prontos para ouvir, tardios para falar e tardios para irar-se, pois A IRA DO HOMEM NÃO PRODUZ A JUSTIÇA DE DEUS”.     (Tiago 1.19-20)

A Ira Justa:

– Robert Jones (“Ira – Arrancando o mal pela Raiz”) diz que a Ira Justa na Bíblia pode ser:

Divina – vem de Deus e surgiu após o pecado:

Humana …..

A ira é considerada por alguns teólogos como um atributo de Deus; (Romanos 1.16-19)

Deus é quem mais aparece irado na Bíblia, mas também é quem mais demonstra amor, como isso é possível?

A Ira Divina:

– A cruz responde, pois é onde a ira e o amor de Deus se encontram:

“Contudo foi da vontade do Senhor esmagá-lo e fazê-lo sofrer, e, embora o Senhor faça da vida dele uma oferta pela culpa, ele verá sua prole e prolongará seus dias, e a vontade do Senhor prosperará em sua mão. Depois do sofrimento de sua alma, ele verá a luz e ficará satisfeito; pelo seu conhecimento meu servo justo justificará a muitos, e levará a iniquidade deles”. (Isaías 53.10-11)

A Ira Humana Justa: Marcos 3.1-5; Mateus 21.13-14

Jesus o exemplo de uma Ira justa:

– Jesus se irou por causa do coração endurecido deles que não tinha misericórdia do homem de mão atrofiada;

– O foco de Jesus era Deus e o seu Reino;

– A atitude de Jesus, após a ira, foi Piedosa, ou seja, a cura do homem;

A Ira Justa x A Ira Pecaminosa: 1 Samuel 20.27-34

– Afinal, a minha ira é justa ou pecaminosa?

Jones sugere que devemos usar três critérios para podermos identificar:

  • 1 – É uma reação contra um pecado real?
  • 2- Tem o foco em Deus e em Seu Reino?
  • 3- Coexiste e é expressada de maneira Piedosa?

R- Saul – Ira pecaminosa  /  Jonatas – Ira Justa

Voltando… Quando ficarem Irados…

Quando nos iramos, qual a motivação? Tiago 4.1-2

No velho testamento a Ira humana é retratada 47 vezes, dessas 42 são pecaminosas (89%). Como se ver a maioria absoluta dos casos retratados a Ira descrita é pecaminosa, isso demonstra que precisamos examinar o nosso coração e ver qual a motivação da nossa Ira.

Três pessoas diferentes e o mesmo problemas: IRA

  • João é líder na Igreja e esposo de Maria;
  • Maria esposa de João, além de trabalhar, cuida do filho e da casa;
  • Zezinho filho de João e Maria, é crente, mora com os pais, apesar de já trabalhar.

Aplicação

Antes de descrevermos a vida dos nossos três personagens, vamos analisar uma história:

Pergunto:

  • A ira do filho foi resultado de um pecado real?
  • A sua ira estava focada em Deus e nos Seus interesses?
  • Ele teve uma atitude piedosa?

E a atitude do Pai em relação a esse filho?

Conhecendo o Coração: 2 Coríntios 13.5

  • João esposo de Maria:

– Nas circunstâncias “certas” ele costuma explodir;

– Ele gostaria muito de chegar em casa, depois de um dia de muita pressão no trabalho, comer uma refeição deliciosa, encontrar a casa arrumada e um pouco de PAZ, será que é pedir muito?

– É honesto, procura sempre servir na Igreja e sempre foi muito rígido com seu filho.

  • Maria esposa de João:

Quando irada se fecha, arde e queima por dentro;

– Ela se ressente das críticas de João, de seus gritos e de sua falta de ternura. Murmura silenciosamente: se ao menos tivesse um marido que me aceitasse como sou, que me amasse incondicionalmente;

– Ela grita com seu filho, pois ele tem atitudes que lembram o seu pai.

  • Zezinho filho de João e Maria:

– Zezinho sempre foi bem comportado, gosta de ir para a Igreja e, ao contrário de muitos jovens, nunca bebeu, fumou e pretende casar virgem.

– Ele acha que, por mais que se esforce, nunca vai conseguir agradar ao seu pai e nunca vai ser reconhecido no trabalho.

– Normalmente  quando se ira, fica calado, mas o seu coração falta explodir e as vezes não consegue se controlar.

Tarefas práticas:

– Memorize Efésios 4.26;

– Veja com qual dos nossos personagens você mais se identifica e procure:

1- Verificar a motivação da sua Ira;

2- Examine se a sua ira é justa ou pecaminosa (utilize as três perguntas sugeridas na mensagem);

– Compartilhe com a sua célula..

Conclusão:

– A Ira de Deus e o Seu amor se encontraram na Cruz (João 3.16)

– Quando nos irarmos precisamos identificar se a nossa Ira é ou não pecaminosa;

– A Ira pecaminosa é voltada para mim e não produz uma atitude piedosa relacionada aos interesses de Deus;

Perguntas:

1- O que Deus falou ao seu coração através da mensagem?

2- Você fez as tarefas práticas e os devocionais? Compartilhe.

3- O que você precisa mudar e como vai fazer isso? Quem você escolheu para te acompanhar nesse processo?

Anúncios

Deixe seu comentário ou dúvida

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s