O poder extraordinário em um servo comum

Tiago 5.13-18

Áudio da mensagem

  • Uma resposta correta no meio do sofrimento é a oração.

13Entre vocês há alguém que está sofrendo? Que ele ore.”

“Estando angustiado, ele orou ainda mais intensamente; e o seu suor era como gotas de sangue que caíam no chão”. (Lucas 22.44).

 “8Três vezes roguei ao Senhor que o tirasse de mim. 9Mas ele me disse: “Minha graça é suficiente para você, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza”. Portanto, eu me gloriarei ainda mais alegremente em minhas fraquezas, para que o poder de Cristo repouse em mim”. (II Cor. 12.8-9)

  • Desenvolva um espírito de louvor

“Há alguém que se sente feliz? Que ele cante louvores.”

I Cr. 16.9: “Cantai-Lhe, salmodiai a Ele, atentamente falai de todas as Suas maravilhas”.

  • Espera-se que os líderes sejam experientes inclusive no exercício da fé

14Entre vocês há alguém que está doente? Que ele mande chamar os presbíteros da igreja, para que estes orem sobre ele e o unjam com óleo, em nome do Senhor.

  • Simbolismo não é eficaz, mas não é pecado

“12Eles saíram e pregaram ao povo que se arrependesse. 13Expulsavam muitos demônios, ungiam muitos doentes com óleo e os curavam.” (Marcos 6.12-13)

  • Seja qual for a estratégia, a fé é o ingrediente indispensável

“15E a oração feita com fé curará o doente; o Senhor o levantará. E se houver cometido pecados, ele será perdoado.”

22Respondeu Jesus: “Tenham fé em Deus. 23Eu lhes asseguro que se alguém disser a este monte: ‘Levante-se e atire-se no mar’, e não duvidar em seu coração, mas crer que acontecerá o que diz, assim lhe será feito. 24Portanto, eu lhes digo: tudo o que vocês pedirem em oração, creiam que já o receberam, e assim lhes sucederá”. (Marcos 11.22-24).

“Não tenho prata nem ouro, mas o que tenho, isto lhe dou. Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, ande”. (Atos 3.6).

18Onde quer que o apanhe, joga-o no chão. Ele espuma pela boca, range os dentes e fica rígido. Pedi aos teus discípulos que expulsassem o espírito, mas eles não conseguiram”. 19Respondeu Jesus: “Ó geração incrédula, até quando estarei com vocês? Até quando terei que suportá-los? Tragam-me o menino”. (Marcos 9.18-19).

  • A convicção para orar é resultado da honra à vontade de Deus

“Deus não ouve a pecadores, mas ouve ao homem que o teme e pratica a sua vontade.” (João 9.31).

“se vocês permanecerem em mim, e as minhas palavras permanecerem em vocês, pedirão o que quiserem, e lhes será concedido.” (João 15.7).

“E eu farei o que vocês pedirem em meu nome, para que o Pai seja glorificado no Filho.” (João  14.13).

“recebemos dele tudo o que pedimos, porque obedecemos aos seus mandamentos e fazemos o que lhe agrada (1 João 3.22)”

“esta é a confiança que temos ao nos aproximarmos de Deus: se pedirmos alguma coisa de acordo com a sua vontade, ele nos ouve”. (I João 5.14)

  • A honra à vontade de Deus é o poder para resistir à vontade perigosa do meu coração

 “Quem é dominado pela carne não pode agradar a Deus”. (Romanos 8.8).

  • Há doenças que são resultado de pecado, embora, não todas.

 “Enquanto eu guardei silêncio, envelheceram os meus ossos pelo meu bramido durante todo o dia. Porque de dia e de noite a Tua mão pesava sobre mim; as águas em mim se tornaram em sequidão de estio”. (Salmo 32.3-4 [literal])

“Confessando os seus pecados, eram batizados por ele no rio Jordão. (…) ele vinha toda a região da Judéia e todo o povo de Jerusalém. Confessando os seus pecados, eram batizados por ele no rio Jordão.” (Mt 3.6; Mc 1.5)

  • Orar e ouvir confissões não é papel somente de um líder

“16Portanto, confessem os seus pecados uns aos outros e orem uns pelos outros para serem curados. A oração de um justo é poderosa e eficaz.”

  • A oração do homem comum e justo é poderosa e eficaz.

16…A oração de um justo é poderosa e eficaz. 17Elias era humano como nós. Ele orou fervorosamente para que não chovesse, e não choveu sobre a terra durante três anos e meio. 18Orou outra vez, e o céu enviou chuva, e a terra produziu os seus frutos.”

Conclusão

  • Não dê atenção ao que sente. No sofrimento, ore.
  • Fique atento que Deus faz, e cante louvores a Ele por isso.
  • Confesse e ouça pecados. Depois ore e você verá maravilhas.
  • Mesmo com suas limitações, Deus pode responder sua oração agindo com poder.

Praticas

  • Sempre que você se alegrar com algo, cante louvores sussurrando ou com seus irmãos.
  • Confesse humildemente seus pecados a alguém esta semana e peça que ele ore por você.
  • Pense em alvos que possam agradar a Deus e que você deseja muito.
  • Ore fervorosamente por isso, exercitando sua fé.
  • Memorize Tiago 5.16

Deixe seu comentário ou dúvida

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s