Ministro de uma nova aliança

DISCIPULANDO NO PODER DE DEUS

II Cor. 2.12 – 3.6

Material Infantil

Introdução

  • Carta de encorajamento e para Paulo abrir o coração
  • Fé – confiar realidade e princípios de hoje e promessas de amanhã
  • Não confiamos em recompensas do pecado, nos firmamos no que cremos.
  • Pela fé somos conduzidos vitoriosamente em Cristo
  • Fomos chamados para ministros (servos)
  • Uma vida vitoriosa envolve fazer discípulos
  • De onde vem nossa eficácia para fazer discípulos?

Exposição do texto

  1. Como ministros nossa tarefa nem sempre será fácil? (vs. 12-13)

  • O apóstolo era um desbravador da igreja.
  • Mas, nem sempre as coisas pareciam bem
  • Em Jerusalém, logo após a conversão os judeus quiseram mata-lo.
  • Em Damasco, teve que fugir em um cesto
  • Foi expulso de Antioquia da Pisídia
  • Tentaram apedrejá-lo em Icônio
  • Em Derbe conseguiram apedrejá-lo
  • Em Filipos foi açoitado e lançado na prisão
  • Saiu fugindo de Tessalônica e Beréia
  • Na própria Corinto foi levado a julgamento

(II Cor. 11.26)

  • Ele reconhecia em Deus o sucesso para o seu ministério
  1. Mas a vitória é certa e constante (v.14)

  • Não servimos a Cristo para vencer, servimos porque vencemos
  • Cristo nos conduz em processo de vida vitoriosa (I Cor. 15.56-57)
  1. Enquanto vivemos uma vida vitoriosa em Cristo, exalamos o conhecimento de Deus (v.14)

  • Não somos nós que estamos fazendo, Deus faz por nosso “intermédio”.
  • O cremos, e por isso falamos e fazemos, mostra que conhecemos a Deus.
  • O que “conhecemos” de Deus, “é exalado em todo lugar” e as pessoas veem a diferença.
  1. O impacto do aroma de Cristo é o mesmo e os resultados diferentes (vs. 15-16)

  • Alguns não servirão a Cristo (João 6.60-70).
  • Outros verão nossas convicções no que expressamos e serão movidos por nosso aroma de Cristo.
  • Mas, quem é capaz exalar o aroma de Cristo através de si?
  1. A capacidade de ser ministro vem do poder de Deus (v.2.17-3.7)

  • Não precisamos dar uma “melhorada” no evangelho para ser mais agradável (v.17)
  • Cada pessoa discipulada por você é uma carta que Deus está escrevendo em seu coração e no coração dela. (1-3)
  • O ministro não pode dizer que foi por causa de algo que ele fez que alguém se tornou discípulo. Cristo é suficiente para atrair, regenerar e transforma diariamente. (4-5)
  • Não basta dizer palavras certas ou fazer a coisa certa, fazer um discípulo precisa do Espírito. (6)

O que aprendemos, irmãos?

  • Aja sempre pela fé, confiando em seus princípios e suas promessas.
  • Se você confia em Deus, você age para agradar a Ele, dirigido por Ele e no poder dEle.
  • Portanto, tudo o que você precisa para fazer discípulos é Cristo.
  • Você pode ser usado para deixar marcas eternas no coração de um discípulo.
  • Mesmo se alguém rejeita a Cristo, você sempre será conduzido em vitória.

Que faremos, irmãos?

  • Em que situações falta a confiança nos princípios e promessas de Deus?
  • O que mais motiva você a levantar-se pela manhã?
  • Fale para seus amigos e familiares sobre seu dia a dia com Deus
  • Diga a eles como Deus vem mudando sua vida.
  • Pense seriamente em memorizar II Cor. 2.14
Anúncios

Deixe seu comentário ou dúvida

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s